Região:

min

max

Anuncie aqui

Lixo eletrônico: descarte incorreto traz risco de câncer e problemas ambientais

Prefeitura de Olímpia (SP) recolheu, entre os dias 29 de agosto e 2 de setembro, cerca de uma tonelada do material

Por Redação
(Atualizado em 21/09/2022 - 21h29)
Compartilhar

A Prefeitura de Olímpia (SP) recolheu, entre os dias 29 de agosto e 2 de setembro, quase uma tonelada de lixo eletrônico.

Os materiais foram descartados por alunos, professores e moradores, durante a primeira fase de uma campanha realizada pela Secretaria de Zeladoria e Meio Ambiente.

A campanha foi realizada para incentivar o despejo correto do lixo eletrônico, pois os materiais impactam tanto o meio ambiente quando a saúde humana.

Malefícios

Segundo a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), muitos moradores recolhem o lixo eletrônico para vender materiais valiosos, mas as pessoas expostas correm o risco de exposição a mais de mil substâncias nocivas, incluindo chumbo, mercúrio, níquel, retardantes de chamas bromados e hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPA).

Uma mulher grávida exposta ao lixo eletrônico pode ter a saúde e o desenvolvimento do filho afetado para o resto da vida. “Os potenciais efeitos adversos à saúde incluem natimortos e prematuros, bem como baixo peso e estatura ao nascer. A exposição ao chumbo em atividades de reciclagem do lixo eletrônico tem sido associada a pontuações de avaliação neurológica comportamental neonatal significativamente reduzidas, aumento das taxas de transtorno de déficit de atenção, problemas comportamentais, mudanças no temperamento infantil, dificuldades de integração sensorial, redução dos escores cognitivos e linguísticos”, diz a OPAS.

Outros impactos adversos à saúde infantil associados ao lixo eletrônico incluem alterações na função pulmonar, efeitos respiratórios, danos ao DNA, prejuízos à função da tireoide e aumento do risco de algumas doenças crônicas tardias, como câncer e doenças cardiovasculares.

Veja mais notícias em temmais.com

 

Os comentários estão desativados.